Você está aqui: Página Inicial / Comunicação / Notícias / 2020 / Missão cumprida, a gente se vê por aí!

Missão cumprida, a gente se vê por aí!

Acessar


Acessar


Acessar


Você está aqui: Página Inicial / Comunicação / Notícias / 2020 / Missão cumprida, a gente se vê por aí!
por comunicacao publicado 04/01/2021 15h02, última modificação 04/01/2021 15h02
Presidente Leonardo Gominho se despede da FACEAL

 

Amigos (as), participantes, assistidos e pensionistas, hoje a mensagem é de despedida e agradecimento. Após 10 anos dedicados à FACEAL, sendo dois deles na função de Diretor-Presidente, deixo a entidade com a certeza de que dei o meu melhor para a administração dos planos previdenciários desta Fundação, tão valiosa para todos nós. Além da Presidente, fui membro do Conselho Deliberativo e também do Comitê de Investimento. Agora, sigo apenas como participante do Plano CD, confiante de que a nova administração tudo fará visando à garantia do nosso futuro.

A partir deste dia 04 de janeiro de 2021, a FACEAL passa a ser EQTPREV (Equatorial Fundação de Previdência), fruto do processo de incorporação autorizado pela PREVIC.

Nossa Fundação, ao longo de sua história, passou por momentos difíceis, porém os dois últimos anos, para mim, foram marcantes. Fechamos o ano de 2018 com um patrimônio administrado de R$ 634.491.835,26. Desse patrimônio, 54,70% correspondia ao Plano CD, 44,50% ao Plano BD e 0,79 ao PGA (Plano de Gestão Administrativa). Tínhamos, então, no Plano CD, 1.238 participantes ativos e 253 assistidos/pensionistas; no Plano BD, 15 ativos e 482 assistidos/pensionistas.

No apagar das luzes de 2018, no dia 28 de dezembro, ocorreu a desestatização da Eletrobras Alagoas, seguindo-se a transmissão do controle acionário para a Equatorial Energia no dia 18/03/2019. Com a privatização, vieram os ajustes administrativos no Patrocinador, com o desligamento de um número significativo de participantes dos planos previdenciários da FACEAL, tendo 527 participantes optado pelo resgate ou portabilidade de suas reservas (até o mês de novembro/2020 ocorreram 512 resgates e 15 portabilidades, correspondendo a um montante de R$ 65.795.126,89). O patrimônio por nós administrado, que em abril/2018 havia atingido R$ 646.078.724,64, iniciou uma fase de declínio, caindo para R$ 577.969.794,00 em novembro/2020 (R$ 279.389.870,00 do Plano CD, R$ 289.386.615,00 do Plano BD e R$ 9.193.309,00 do PGA). No Plano CD, o número de participantes ativos caiu para 545 e os assistidos/pensionistas subiu para 428; no Plano BD, os ativos caíram para 8 e os assistidos/pensionistas para 469.

Ainda como efeito direto do desligamento dos participantes ativos, a queda que se seguiu nas receitas de custeio da Fundação foi impactante. Tal fato levou a FACEAL a adotar um plano agressivo de redução de despesas, a exemplo do Plano de Desligamento Voluntário, demissão de colaborador, alteração do sistema de vigilância (armada e presencial para eletrônica), cancelamento de participação em eventos externos e adesão à tarifa branca de energia elétrica.

Mesmo considerando a redução das despesas administrativas, era clara a conclusão de que não havia como administrar a Fundação sem a utilização de parte dos rendimentos obtidos pelos planos previdenciários, o que não convinha aos participantes. Por este motivo, e também seguindo uma diretriz do Grupo Equatorial, nosso Patrocinador decidiu por rescindir os Convênios de Adesão firmados com esta Entidade e transferir a gestão dos Planos Previdenciários para a EQTPREV, o que veio a se consolidar por meio da incorporação.

A notícia de que a FACEAL seria extinta fez com que colaboradores decidissem por antecipar seus desligamentos, sobrecarregando os que ficaram.

Quando assumi a Presidência, tramitava há muito tempo o processo que visava à reversão de valores da reserva especial (superávit) aos participantes do Plano BD e patrocinadores. Com muito trabalho, conseguimos destravar o processo e, no dia 14/12/2020, foi dado um passo decisivo para a distribuição do superávit aos participantes e patrocinadores; nessa data, foi protocolado junto à PREVIC o pedido de autorização para distribuir o superávit.

O ano de 2020 trouxe a crise gerada pela pandemia do COVID-19. Estávamos diante de um dos mais desafiadores cenários econômicos já vividos pela sociedade. Os reflexos diretos na economia e no mercado foram e estão sendo impactantes. As Entidades Fechadas de Previdência Complementar, a partir do mês de fevereiro e nos meses que se seguiram, viram-se diante de dificuldades e desafios antes inimagináveis. Aumentou nossa responsabilidade. Amargamos fortes quedas nas rentabilidades nos meses de fevereiro e março, mas a partir do mês de abril os bons resultados dos investimentos voltaram. Boa parte do que se perdeu foi recuperada. Nossas expectativas são de que logo teremos revertida toda a perda.

O novo coronavírus trouxe com ele uma nova expressão – distanciamento social – que se tornou comum, veiculada nos noticiários, nas diversas mídias, nas redes sociais. Adotamos medidas necessárias: suspendemos o atendimento presencial e adotamos o sistema home Office. Nossos colaboradores tudo fizeram para atender aos nossos participantes, beneficiários e patrocinador.

Agradeço a todos a confiança em mim depositada. Deixo a FACEAL com o sentimento do dever cumprido.

Desejo a todos um 2021 com muito amor, paz e realizações, esperando que o mais rápido possível possamos nos abraçar.

De longe, um grande abraço. A gente se encontra por aí!

 

Leonardo Ferraz Gominho

Diretor-Presidente da FACEAL