Você está aqui: Página Inicial / Comunicação / Notícias / 2019 / Novo presidente da EQTPREV se reuniu com diretores da FACEAL durante visita

Novo presidente da EQTPREV se reuniu com diretores da FACEAL durante visita

Acessar


Acessar


Acessar


Você está aqui: Página Inicial / Comunicação / Notícias / 2019 / Novo presidente da EQTPREV se reuniu com diretores da FACEAL durante visita
por comunicacao publicado 08/11/2019 17h11, última modificação 08/11/2019 17h11

 

No último dia 1º de novembro, a Fundação Ceal de Assistência Social e Previdência (FACEAL) recebeu a visita dos diretores da Equatorial Energia Fundação de Previdência (EQTPREV), Mauro Chaves (Presidente), Carlos Brito (Financeiro) e Caio Albuquerque (Seguridade) que vieram conhecer a Fundação. Eles foram recebidos pelos diretores Leonardo Ferraz Gominho (Presidente), Ricardo Melo (Seguridade) e Cândido Silva (Financeiro) que apresentaram as instalações da Fundação, os funcionários e também os números da entidade.

Essa foi a primeira vez que o novo presidente da EQTPREV, Mauro Chaves - que era Diretor de Seguridade da Instituição -  esteve na FACEAL após assumir o cargo em outubro passado, no lugar de Frederico Barros. 

Durante a visita, além de conhecer pessoalmente as instalações da FACEAL, os diretores das duas entidades se reuniram para dar continuidade às tratativas referentes à mudança de gestão dos Planos para a EQTPREV.

 

Segundo o Diretor de Seguridade, Ricardo Melo, momentos como esse são boas oportunidades de manter o diálogo aberto, uma vez que proporcionam uma maior interação entre as duas Fundações envolvidas nesse processo de transferência de gestão.

“A reunião serviu para a definição de estratégia que possibilite a migração dos planos e encerramento da entidade FACEAL de forma tranquila e com total segurança para os participantes”, ressaltou Ricardo Melo informando que o processo de transferência dos planos já seguiu para aprovação da PREVIC. “Sendo aprovada na PREVIC, teremos um período de 120 dias para ajustar todos os procedimentos necessários para realizar a transferência”, pontuou.