Você está aqui: Página Inicial / Comunicação / Notícias / 2016 / Faceal investe em equipamento para melhorar produtividade de colaboradores

Faceal investe em equipamento para melhorar produtividade de colaboradores

Você está aqui: Página Inicial / Comunicação / Notícias / 2016 / Faceal investe em equipamento para melhorar produtividade de colaboradores
por comunicacao publicado 04/10/2016 15h24, última modificação 04/10/2016 15h24

Visando a melhoria da produtividade dos seus colaboradores, a ampliação do espaço de armazenamento de dados da Entidade e a redução dos custos operacionais, a Faceal investiu R$ 125 mil na aquisição de um moderno equipamento para o setor de Tecnologia da Informação, uma vez que o atual encontra-se defasado e com a capacidade de armazenamento muito limitada, sem possibilidade de expansão. De acordo com Ricardo Pinheiro, técnico de informação da Faceal, o espaço em disco bem apertado vem ocasionando falhas na execução de sistema, além de algumas paradas que levam a perda de produtividade da Fundação, fazendo com que setores que utilizam sistemas informatizados tenham que aguardar até a conclusão do reparo ou ajuste.

“Com o equipamento novo, todos esses problemas vão acabar. A gente vai quase quadruplicar o nosso espaço de disco, saindo de 4.7TB para 16TB, e ainda teremos uma garantia de quatro ou cinco anos o que nos vai dar um ‘descanso’ em relação aos problemas técnicos, pois qualquer contratempo será de responsabilidade do fabricante”, pontuou Pinheiro.

O técnico em TI explicou ainda que, normalmente, esses equipamentos têm um tempo de vida útil entre três e quatro anos e os complementos pra eles são fabricados e ajustados para a utilização nesse mesmo período, porém, quando chega o término de sua vida útil, suas peças de reposição não são mais encontradas, impossibilitando a expansão do espaço em disco, o que gera prejuízo por causa dos muitos problemas técnicos. O colaborador disse também que, alguns serviços só podem ser feitos pelo fabricante para não perder a garantia, e que é aberto um chamado gerando, em alguns casos, custos para a Fundação.

O equipamento utilizado atualmente pela Faceal foi adquirido em 2011 com três anos de garantia, renovada por mais um ano, cujo custo de renovação é altíssimo. “Esse ano gastamos R$36 mil de garantia, colocando isso na ponta do lápis, em cinco anos daria R$180 mil só com preservação de um equipamento defasado, mais até do que o valor da máquina nova. E isso foi o que pesou bastante na decisão do presidente Ricardo Melo, em atender a solicitação do setor de TI, que contou também com o valioso apoio do conselheiro deliberativo Carlos Eduardo Costa Lima, na apresentação da proposta para a aquisição da máquina nova”, destacou.