Você está aqui: Página Inicial / Comunicação / Notícias / 2011 / 1º Bimestre / Dia do Aposentado: Uma data para comemorar

Dia do Aposentado: Uma data para comemorar

Acessar


Acessar


Acessar


Você está aqui: Página Inicial / Comunicação / Notícias / 2011 / 1º Bimestre / Dia do Aposentado: Uma data para comemorar
por selma.santos publicado 23/06/2016 04h21, última modificação 26/01/2011 18h41
Com uma programação especial, Fundação homenageia seus aposentados

Pelo terceiro ano consecutivo a Faceal homenageou em grande estilo seus aposentados pela passagem de seu dia, 24 de janeiro. A comemoração foi realizada no pátio da Fundação e contou com a presença significativa de aposentados e pensionistas da entidade. A abertura do evento foi feita pelo diretor de Seguridade, Marcos Cotrim, que deu as boas-vindas aos presentes e destacou a importância da data para a Fundação. “Só temos razões para comemorar.
 
É a terceira oportunidade na qual recebemos com carinho nossos participantes, pois são eles que dão vida e sentido ao trabalho desenvolvido por todos os que fazem a Faceal”, destacou o diretor, acrescentado que a programação foi pensada para divertir e garantir a integração do público. Após a abertura, todos puderam apreciar a boa música do tecladista Marcelo Júnior, que animou a plateia com um repertório que incluia bolero, forró e música popular brasileira. Em seguida, o recreador Maxwell comandou um show da Companhia de Dança Pés de Ouro, apresentando os ritmos do bolero, mambo e samba. Além de encantar os convidados, as apresentações também chamaram atenção pelos dançarinos: todos eram voluntários e alunos da Companhia. 
  
Para o presidente da Faceal, João Nobre, a comemoração do Dia do Aposentado representa um momento especial para a Fundação, uma vez que eles simbolizam a razão de ser da entidade. “A Faceal foi criada como uma estratégia de recursos humanos para que as pessoas da ativa pudessem desenvolver suas atividades e quando estiverem próximos da aposentadoria, tivessem a certeza de que nessa nova etapa teriam uma vida mais tranquila e com qualidade. Este e o objetivo da nossa Fundação: ela tanto cuida dos que estão aposentados, como também daqueles que estão para se aposentar”, ressaltou Nobre.