Você está aqui: Página Inicial / Comunicação / Notícias / 2010 / 3° bimestre / Seminário debate impacto do Pré-Sal para economia nordestina

Seminário debate impacto do Pré-Sal para economia nordestina

Você está aqui: Página Inicial / Comunicação / Notícias / 2010 / 3° bimestre / Seminário debate impacto do Pré-Sal para economia nordestina
por selma.santos publicado 23/06/2016 04h21, última modificação 18/05/2010 12h58

Com o intuito de participar do debate sobre o descobrimento do Pré-Sal, suas potencialidades e efeitos sobre a economia Regional (Nordeste), integrantes da Faceal participaram do seminário Pré-sal – “Os reflexos da descoberta do Pré-sal no desenvolvimento do Nordeste”, realizado em abril, Auditório do Hotel Ritz Lagoa da Anta, em Maceió.
O encontro envolveu líderes empresariais, intelectuais, acadêmicos, representantes de governos, técnicos e outros interessados, permitindo à sociedade conhecer os diferentes aspectos desse projeto decisivo para o desenvolvimento do país.
A camada pré-sal é um gigantesco reservatório de petróleo e gás natural, localizado nas Bacias de Santos, Campos e Espírito Santo (região litorânea entre os estados de Santa Catarina e o Espírito Santo). Segundo dados da Petrobras, os técnicos ainda não conseguiram estimar a quantidade total de petróleo e gás natural contidos na camada pré-sal. Se forem confirmadas as estimativas da quantidade de petróleo da camada pré-sal brasileira, o Brasil poderá se transformar, futuramente, num dos maiores produtores e exportadores de petróleo e derivados do mundo. Porém, os investimentos deverão ser altíssimos, pois, em função da profundidade das reservas, a tecnologia aplicada deverá ser de alto custo. Acredita-se que, somente por volta de 2016, estas reservas estejam sendo exploradas em larga escala.
Participaram do seminário os conselheiros deliberativos Maryland Santos da Silva, Nestor Silva Powell, Alexandre Gonçalves, e Carlos Alberto Máximo Rego, além do diretor administrativo-financeiro, João Rodrigues de Oliveira Neto