Você está aqui: Página Inicial / Comunicação / Notícias / 2009 / 3° Bimestre / Planejamento Estratégico busca fortalecimento da Faceal

Planejamento Estratégico busca fortalecimento da Faceal

Você está aqui: Página Inicial / Comunicação / Notícias / 2009 / 3° Bimestre / Planejamento Estratégico busca fortalecimento da Faceal
por selma.santos publicado 23/06/2016 04h21, última modificação 14/06/2009 12h48
Durante dois dias, gestores e colaboradores discutiram novos rumos para a Fundação

Discutir os novos rumos para a Faceal dentro da concepção do Planejamento Estratégico da entidade. Este foi o objetivo do encontro realizado nos dias 1 e 2 de junho, que reuniu os membros dos Conselhos Fiscal e Deliberativo, diretores executivos, além de funcionários da Faceal.
Durante os dois dias do encontro, ocorrido na Barra de São Miguel, os participantes tiveram a oportunidade de discutir, sistematicamente, sobre o futuro da Fundação. Foi o momento de todas as áreas da entidade serem repensadas para se chegar a um aprimoramento de suas ações.
Os trabalhos foram orientados pelo consultor Zeca Lemos, que utilizou o método situacional e participativo. “É a oportunidade de o grupo edificar, por meio das discussões abertas uma nova postura para o crescimento da Faceal”, explicou Zeca.

Para o diretor presidente da Faceal, João Nobre, o planejamento vai orientar os rumos da Fundação para os próximos quatro anos. “Hoje em dia, nenhuma organização pode sobreviver sem um planejamento de longo prazo. Além disso, como há uma nova diretoria eleita, é importante que se tenha uma nova visão da entidade e que ela esteja alinhada com os novos dirigentes”, destacou o presidente.

Animado pelo debate coletivo, o diretor administrativo- financeiro, João Rodrigues, disse que vê o planejamento com muita esperança. “Acreditamos que ele seja um instrumento para que a Fundação venha funcionar a contento, desempenhando um bom trabalho e aprimorando o atendimento ao nosso participante”, afirmou Rodrigues, acrescentando que sendo feito com a participação de todos os trabalhadores e grupo gestor, haverá um aumento no grau de responsabilidade de todos para o futuro da Fundação.

Segundo o presidente do Conselho Deliberativo, Vladmir de Abreu, o planejamento estratégico representa uma oportunidade de a Faceal aumentar sua eficácia e poder ser considerada uma entidade de referência no setor. “Queremos resultados que nos tornem competitivos, uma vez que hoje em dia temos fortes concorrentes e não podemos perder espaço no mercado. Vamos trabalhar no sentido de conseguir outros patrocinadores, para que tenhamos uma economia de escala e nos tornemos mais competitivos”, esclareceu. Vladmir lembrou ainda que o acompanhamento das ações definidas no Planejamento Estratégico será realizado sistematicamente pelo Conselho Deliberativo.

Afinado com o grupo, o conselheiro fiscal, Eduardo da Silva, reiterou que as ações definidas pelo planejamento vão viabilizar mais a Fundação, tanto na questão administrativa de seus recursos, como na prestação de serviço aos participantes. “Vamos nos fortalecer e consequentemente, melhorar nossa gestão”, avaliou.

 A contadora da Fundação, Sueli Silva, diz acreditar que este projeto vai servir para melhorar o planejamento da área,  de forma geral. “Todos estão interessados em participar de forma ativa no aprimoramento de suas atividades. Acredito que a partir de agora teremos uma melhora em nossos resultados. Como todos estão envolvidos, trocando idéias e sugerindo novas formas de trabalho, tenho certeza de que vamos alcançar nossas metas”, enfatizou.